segunda-feira, 31 de julho de 2017

Decisões que nos são impostas

Um ligamento do pé rompido, 3 problemas diferentes nos dois joelhos (sim! três!!!!!!) Uma dos no quadril sem fim que ao que parece vem da coluna, a ressonância vai dizer e recomendação dos médicos: precisa perder peso.

No geral eu sou feliz com meu corpo, como eu sou, ninguém é feliz o tempo todo, nem eu. A aceitação veio depois de muitos anos, de muita guerra interna, e de compreender tudo que a sociedade nos impõe como modelo, e eu nunca me enquadrei nesse modelo, e nunca entendia porque, mesmo com todos os meus exames ótimos, maravilhosos e saudáveis, sem pressão alta, sem diabetes, sem nada, todos diziam que eu precisava emagrecer por causa da minha saúde... Não era pela saúde, era e é, e continua sendo pela PORRA do preconceito. Não, fazer dieta, ser fitness, corpo malhado não é e nem nunca foi meu objetivo de vida. Sou muito feliz comendo pizza, batata frita e chocolate, obrigada!

Pelo menos desde 2002 eu danço, antes disso fazia capoeira, no geral sempre tive a vida ativa e gostei de mexer o corpo. Sim, eu danço, eu DANÇO, eu danço forró, eu danço ventre (assim que conseguir tratar essa dor infernal eu vou voltar), inclusive o grande marco da minha aceitação foi dançar com a turma no TCA, sim eu dancei ventre para 1554 pessoas e sim, foi lindo, e sim eu gostei e quero repetir.

Acontece que nem tudo são flores e mesmo meus exames sendo ótimos, todos eles, minhas articulações estão sofrendo, e ninguém é feliz com dor, nem eu. Mais uma vez fui à endocrino para poder ir pra nutricionista. Dieta rigorosa, quase sem lactose e glutem (por algum tempo) para como disse a nutricionista, desinflamar o organismo. 15 dias de dieta rigorosa até poder fazer minha primeira refeição livre. Serão 15 dias difíceis mas necessários, assim que tiver comprado o basico pelo menos começarei como foco e determinação, rumo ao alívio das dores.

A rotina de exercícios vão incluir além do pilates caminhadas para o trabalho e de volta pra casa, sim precisarei me mexer, precisarei de endorfina, além das caminhadas e corridas que só quem joga Pokemon Go sabe como são.

A foto do primeiro dia vai aqui em baixo, para me lembrar que cada grama a menos é uma vitória, pra me mostrar daqui a algum tempo que valeu a pena.

sábado, 22 de abril de 2017

1º de Abril

Foi primeiro de abril e nada foi mentira!


Primeiro de abril de 2017 foi a dia da reviravolta! Amanheci com meu nome no diário oficial e finalmente voltei a trabalhar, e em um lugar que tenho muito carinho! Depois de 1 ano e meio estou voltando pra BV. Nova gestão, novas experiências, e também coisa que ja conheço, pessoas que gosto muito. Que seja uma nova etapa feliz e produtiva.

Na hora do almoço levei minha mãe ao aeroporto, de novo ela se mudou para longe de Salvador, triste estar tão longe, mas também tivemos muitos problemas estando tão perto, o amor continua e agora os encontros são desculpas para viagens dos dois lados.

Minha mudança estava marcada para 1 da tarde, Ramon ficou responsável por orientar as coisas até eu voltar. Cheguei na casa antiga... Nada.. nem sinal de caminhão, carregador.. nadinha de nada. encontrei Ramonzinho ajeitando algumas coisas e esperando o povo aparecer. desci, falei com o cara do caminhão, arranjei 2 pessoas pra carregar tudo... e então? o dono do caminhão disse que não ia amarrar as coisas no caminhão, que esse não era o acordo que ele tinha feito com minha mãe - depois ela me disse que não foi isso e que era um absurdo ele não amarrar - o homem então desistiu de fazer a mudança e foram quase 2 horas até encontrar uma pessoa na olx que se compadeceu da minha situação e fez minha mudança, mas o caminhão era menor e não coube tudo... Entre descer tudo, carregar o caminhão, chegar, descarregar, a mudança acabou mais de 9 da noite, Agradeço a Ramon - namorado fofo e meu anjo da guarda -  e a Vera - super sogra - que me ajudaram, apoiaram no desespero que foi o dia, e ainda de noite acolheu a mim e ao Leãozinho porque a casa nova não tiha condições de dormida...

Ainda levei mais 15 dias até conseguir trazer tudo, Ramon meu fiel companheiro segurou a onda do meu stress, das coisas que davam errado, manteve-se centrado diante do meu desespero e desanimo,

Hoje, 21 dias depois do fatídico Primeiro de Abril, consegui arrumar várias coisas e a casa finalmente está tomando ares de lar, amanhã e dia de colocar prateleiras e as coisas vão se ajeitando. O apartamento é legal, a rua é tranquila, ainda estou me acostumando com o bairro novo, mas tem sido dias felizes!


quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

2017 é o ano!

2017 é o ano:

- que eu pretendo me reestruturar financeiramente
- que quero voltar a ter o meu cantinho, que pode vir a ser depois o nosso cantinho
- quero fazer pelo menos 2 viagens, de preferência com meu nego
- quero conhecer pelo menos 4 lugares novos, pode ser em Salvador ou fora
- quero emagrecer e para isso vou ter que reestruturar e readaptar muita coisa da minha vida
- quero tornar minha rotina de exercícios realmente um rotina
- que eu vou cuidar de alumas questões de saúde ortopédicas...
- que eu vou ver o copo meio cheio, pois pensamento positivo atrai coisas boas
- que eu vou fazer concursos
- que eu vou ser feliz