domingo, 16 de junho de 2013

"A África é um país..."

Sim, você leu certo o título to post! Não, eu não fiquei louca, mudei de princípios ou qualquer coisa do tipo...

Quem proferiu essa aberração foi a repórter Glória Maria, jurada de hoje da dança dos famosos. Em determinado momento Faustão perguntou a Gloria Maria, se ela como jornalista que viajou os 4 cantos do mundo, conhecia algum outro país tão musical quanto o Brasil, a jornalista, em sua resposta disse: "A África é um país..." infelizmente não encontrei no programa online o trecho para reproduzir na íntegra.

Meu objetivo não é rechaçar a jornalista, figura pela qual merece meu respeito. Mulher negra que conseguiu  um papel de destaque na machista e racista Rede Globo. Glória Maria foi minha inspiração quando eu quis ser jornalista. Meu objetivo era ser como Glória Maria, viajar o mundo e apresentar ao Brasil culturas diferentes. Justamente por este motivo, por se tratar de uma jornalista que viajou por diversos lugares do CONTINENTE AFRICANO que sua frase me deixou estupefata!

Quando assumimos a posição de pessoa pública é preciso que tenhamos em mente que o que falamos influência outras pessoas. Uma emissora tão grande poderia ter tido a delicadeza de fazer uma sutil correção. Confesso que esperei por isso, afinal, as notícias que temos do continente africano são poucas, muitas vezes renegadas e desvalorizadas. Alguém viaja para a Europa diz: "Vou à París", "Vou a Londres"; se vai aos EUA vai para "New York", porque quer falar bonito, fala em inglês. Mas, quando vai à África, diz "Vou pra África". Sim, cara pálida! Que lugar? Que país? Que cidade? Explique-se!!!

A África é um CONTINENTE formado por 54 países e 9 territórios, cada qual com as suas diversas etnias, idiomas, culturas, religiões e afins. Muitas dessas culturas vieram ao Brasil trazida pelos negros que vieram escravizados e influenciaram nossa história, idioma, cultura, culinária, religião. Um toque especial na minha baianidade paulistana, devo dizer.

Um continente com sua história e tradição merece nosso respeito e admiração. Tanto respeito quanto a mulher negra que conseguiu conquistar seu lugar na maior mídia aberta do país. Hoje não pretendo mais ser como a Glória Maria, meu caminho mudou. Conquistei uma outra forma de disseminar o meu conhecimento e os meus ideais através da História. E para isso devo dizer que ser professora abre portas e ouvidos.





3 comentários:

Edu disse...

Foi pior do que isso. Primeiro ela disse "O Marrocos". Depois "E a África". Mais adiante é que proferiu a tal frase infeliz. Passou a impressão de que não sabe onde fica o Marrocos e nem que a África é um continente.

Edu disse...

Foi pior do que isso. Primeiro ela disse "O Marrocos". Depois "E a África". Mais adiante é que proferiu a tal frase infeliz. Passou a impressão de que não sabe onde fica o Marrocos e nem que a África é um continente.

Thiago Melo Teixeira disse...

Essa mulher é um lixo. Sua clara intensão é denegrir ao máximo o continente africano com as piores imagens, e enaltece os países nórdicos.