sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Mulher de Balzac



"Foi em "Mulheres de 30 anos", que pela primeira vez a mulher madura teve destaque na literatura. O autor valorizava sua beleza, experiências, pensamentos, desejos, angústias, reivindicava o direito dela ser feliz, e discutia as mazelas de um casamento fracassado, no qual a mulher estava destinada a carregar a cruz das suas obrigações sociais e legais, era prisioneira de seus deveres. Isso fez com que sua obra fosse motivo de escândalo, devido as convenções sociais da época, mas por outro lado, também conseguiu conquistar a comoção do público."



Já fazem alguns dias que penso no que escrever no post de hoje, um post diferente... afinal só fazemos 30 uma vez na vida...


30 anos....

30 anos que começaram as 11:45 de um 7 de setembro, terça feira, dia de Sol

30 anos uma infância feliz, de quem pode ser criada sem babá, de brincar no play, de correr, pular, esconder, estudar, de Santo Ivo, de natação na USP, de conhecer lugares, de estar em família, conhecer família, São Paulo...

30 anos mudança, despedida, sofrimento, laços rompidos, lugar novo, gente nova, tudo diferente... Salvador

30 anos reestabelecimento de identidade, novos amigos,bons amigos, falsos amigos.... escola, Antonio Pedreira, Cândido Portinari... mais amigos, pessoas especiais que entraram na vida pra nunca mais sair

30 anos adolescente igreja uma estrutura, mais pessoas que chegaram na minha vida e ficaram, presentes de Deus... Di Cavalcante, onde eu escolhi da maçaneta, ao registro às cores das paredes, meu quarto...

30 anos jovem meio rebelde, não fui santa, fiz coisa errada, me arrependi, me senti invencível... descobri que não era...

30 anos capoeira que me ensinou muita coisa... roda, musica, entendimento... sintonia... mais pessoas especiais... muitas pessoas que passaram... como um filtro natural... uma seleção em que descobri que pessoas vão embora por mais que a gente não queira

30 anos publicidade é dois anos que serviram pra descobrir que eu não queria ser publicitária

30 anos mudança, sofrimento, angustia, solidão

30 anos volta retorno a cidade que eu escolhi Salvador

30 anos forró ah meu forró minha dança que leva meu corpo e minha a um estágio de êxtase puro e simples, levou meu juízo mas me trouxe amigos, e eles são meu juízo

30 anos Leãozinho fiel companheiro de todos os momentos

30 anos História que na UFBA eu fiz História, construí boa parte da MINHA História também, amigas insubstituíveis, que por percalços da vida fazem algumas coisas mudarem, mas meu amor por TODAS é sempre o mesmo!

30 anos despedida e separação... longe de mamãe

30 anos luta, guerra, sair de casa, morar só, correria,aula pro maternal , GVT, desemprego, GVT, desemprego GVT...

30 anos mais uma despedida e separação... longe de papai

30 anos dar aula... fundação... hoje.. AMO MEU TRABALHO!!!!

30 anos...


Olhando para traz percebi nesses dias todos de reflexão que não alcancei meus objetivos, queria aos 30 ser jornalista, estar casada, com dois filhos, bom emprego, morando na minha casa própria, carro, bom plano de saúde, tirando férias e viajando todo ano...

Formei em história, solteira, casa alugada, alegria da minha vida Leãozinho fiel companheiro de todos os momentos, sem filhos...


Gera em mim uma certa decepção interna, sensação de impotência e de fracasso... dores que cabem apenas a mm...


Ao mesmo tempo posso perceber o quanto cresci e amadureci, crescer dói, dói muito... mas hoje sou uma pessoa diferente.. sim tenho personalidade! Não me sinto na obrigação de agradar, mas aprendi que gratidão e lealdade são valores insubstituíveis! Aprendi que a sinceridade que dói é muito mais valiosa que a mentira que ilude!


As vezes penso que não tenho saída... mas aí olho pros lados e vejo que tenho pais maravilhosos que sempre me apoiam e se orgulham de mim, mesmo que nem mesma me orgulhe... Dizem que conhecemos os verdadeiros amigos nos nossos piores momentos.. olho para os lados e vejo o quanto Deus foi bom comigo, pois meus amigos não me abandonaram, ao contrário, estão todos aqui ao meu lado, meus amigos são o meu alicerce quando estou só, quando acho que não existe caminho, quando a dor é muito grande... Meus amigos não me abandonam!! e eu sou muito feliz por isso!!!!!


Tem coisas que não tem como mudar, e está é a vida que eu estou construindo, uma nova década está se iniciando na minha vida. Novos caminhos, começos e recomeços. e no balanço de tudo vejo que apesar de todas as dificuldades, eu sou feliz!!!


E neste dia especial só posso agradecer Mãe, Pai, Tias, Primos, Amigas, Amigos novos e velhos, Conhecidos e todos aqueles que me deixaram recados, ligaram, mandaram mensagem, lembraram, rezaram por mim A quem pode estar comigo hoje, aos que quiseram mas infelizmente não puderam, aos que esqueceram,só tenho a agradecer!!!! Aos que ignoraram, veja bem... bora rever isso aí!!!


Meu dia foi muito feliz, pois eu me senti feliz, me senti leve, sensação de que o peso que carreguei no ultimo mês, esse famigerado inferno astral, me deixou, e resolver fazer com que as coisas dessem certo! Estou dando hoje o ponta pé inicial de um novo tempo, uma nova década que se abre cheinha de páginas em branco para serem escritas, desenhadas, arrancadas, vividas, sofridas, comemoradas, dobradas, marcadas!!!


e pra mim agora só tenho a dizer!


Bem vindo, 30 anos!!!!!!!








Nenhum comentário: